Pretty Little Liars: livros vs. série


Acabei de ler Maldosas hoje (31/08, não sei quando esse post vai ao ar) e decidi não fazer resenha dele. Sendo telespectadora da série, não vou conseguir, simplesmente NÃO VOU CONSEGUIR, evitar comparações entre as duas mídias. Percebi isso durante a leitura, quando ficava pensava "ahhn, mas na série não é assim". Pra não deixar o Maldosas passar em branco, resolvi encher o blog de mais PLL e fazer uma comparação entre a série de TV e a série de livros. Vem comigo!

As Personagens

Pra começar, a diferença física é assombrosa. Elas não têm nada a ver com o descrito nos livros! E nem precisa ler pra notar isso, basta olhar as capas. As modelos que representam as meninas foram escolhidas pela própria Sara Shepard. Emily, por exemplo, é RUIVA! Além disso, a personalidade não só das quatro meninas principais, como também a dos personagens secundários são bem diferentes.

Na série, as meninas parecem ser bem adultas, amadurecidas. Aria, por exemplo, não fica agindo como uma adolescente normal de 16 anos. Ela parece ter uma idade mental bem próxima da de Ezra. Já no livro, Aria aparenta ser culta, inteligente, diferente das outras garotas da sua idade, mas não passa mesmo de uma adolescente de 16 anos.

Emily é um pouco mais parecida. Aquele jeitinho tímido, retraído e até inseguro. O que me incomodou mais foi a sua relação com a natação. Na série, ela participa porque gosta, mas nos livros nada apenas porque seus irmãos mais velhos - ainda tem isso, ela tem um zilhão de irmãos nos livros e nenhum na série - conseguiram bolsas na faculdade por causa do esporte, logo seus pais a obrigam a nadar. É quando conhece Maya que Emily decide largar a natação, causando um grande atrito na família.

Hanna também é parecida nas duas versões, embora nos livros ela me pareça um pouco mais bitch. A diferença mais surreal foi a de sua mãe, Ashley. Na narrativa, ela ainda faz tudo pela filha, como na série, mas é bem mais distante e fria emocionalmente falando. Foi meio um choque perceber isso, porque sempre admirei o modo como ela cuida de Hanna e faz tudo por ela.

Por fim, Spencer também foi uma grande surpresa. Ela ainda é uma estudante voraz e competidora de Melissa, mas também tem um ar mais bitch. Isso porque na série, quando se apaixona por Wren, ela parece fazer por querer, como se, pelo menos no começo, ela estivesse lutando contra o sentimento. Já nos livros, ela parte com tudo sem dó, flertando com o inglês sexy não só porque gosta dele, mas porque é uma forma de atingir Melissa (essa continua a mesma desgraçada, nos livros e na série).

Gosto muito das quatro liars, mas minha preferida, sem dúvida, é a Spencer. Ela é a mais inteligente, racional, não faz tanta merda quanto as outras.

Outro personagem bastante surpreendente em suas diferenças nas duas versões foi Ezra. Na série, ele é aquele professor lindo, fofo, meigo e com um ar inocente, ingênuo, mas nos livros é bem taradinho, tá?

O Cenário


Outra diferença bem grande é como Rosewood é descrita. Na série, parece ser apenas uma cidade pequena, sem muito movimento, mas só isso. Nos livros, ela é descrita como um local rural, com ares de fazenda e cheiro de bosta de vaca. Pode?! Além disso, a escola das meninas é particular, logo possui uniforme e tal. Na verdade, não lembro de na série terem mencionado a procedência da escola, mas como ninguém usa uniforme, concluí que fosse pública.

Além desses dois fatores, a sequência temporal é bem diferente também. O Maldosas equivale apenas ao primeiro episódio, no máximo até o terceiro!

Bom, fiz esse post porque muitas pessoas, assim como eu, têm a dúvida: é possível ver a série e assistir os livros sem uma história prejudicar a outra? Depende. No caso de Vampire Diaries, acredito que sim, pois as tramas são bem diferentes. Já no caso de Game of Thrones e Pretty Little Liars, deve-se escolher entre as duas versões, pois são bem parecidas. E no caso de PLL, só posso falar do primeiro livro e da primeira temporada, mas não sei qual rumo a série de livros toma, embora saiba que seja tudo bem semelhante.

Eu, como já vi todas as temporadas de PLL, me senti um pouco entediada lendo o livro. Como vocês puderam perceber, as diferenças citadas nesse post não são muuuuito relevantes. Porém, acredito que se tivesse lido o livro antes da série, teria gostado da história do mesmo jeito.

Agora chega de Pretty Little Liars nesse blog, né?! Só temos mais um review essa semana, que é do summer finale da terceira temporada. Depois só voltamos em janeiro mimimi :(

Então é isso.

Até a próxima, bitches.

Comentários

Postagens mais visitadas